Make your own free website on Tripod.com

Sao Paulo

dica de Alfredo Donadio

Parque do Ibirapuera: 

No Parque, existem vários percursos, onde centenas de pessoas treinam diariamente, correndo ou fazendo suas caminhadas.

Tem a volta de 3km., conhecida como a volta da Corpore, a de 7 km. que passa pela Praça da Paz, há também a da grade que é conhecida como "fazer grama", e outros mais.

Vai aqui uma dica: 

Se você não conhece direito o Parque ou é novato em corridas, quer fazer amizade com o pessoal do meio, o melhor lugar para "se enturmar" é a Praça do Porquinho.

Lá existe uma barra aonde as pessoas se alongam antes e depois dos treinos, por causa disso, tornou-se um ponto de encontro.

Corredores em geral, são pessoas muito fáceis de fazer amizade, se for até o "Porquinho" com certeza fará amigos e logo logo estará enturmado.

Outro local, é a Praca do Sino, reduto de vários técnicos é também ponto de encontro, porém, mais dificil de se enturmar, o pessoal vai lá mais para fazer "tiros".  Há demarcação no chão.

Cidade Universitária :

Localizada na zona oeste de São Paulo, com acesso pela Marginal Pinheiros, certamente, é o local com o maior número de corredores em São Paulo (principalmente aos sábados).

Local preferido pelos técnicos e atletas, pois há uma diversidade bastante grande de percursos com inclinações bastante variadas.

Dentro da USP, além das alamedas muito bem arborizadas, tem o bosque, com percurso de 1.000 metros é um ótimo local para treinamento. Lá existem banheiros e bebedouros.

Aldeia da Serra :

Bem, aqui é o seguinte, Rodovia Castello Branco até o trevo de Itapevi, sobe-se a serra até entrarmos na "vilinha da Aldeia".

Normalmente, o pessoal que sobe a serra, faz aos sábados e em época de "base para maratona", mas lá também tem alguns corredores que treinam diariamente.

O percurso mais usual é aquele que vai no sentido de Santana de Parnaíba. Não tem erro, você sai pelo portão que entrou na vila e pega a direita. Logo o asfalto vira estrada de terra. Siga em frente sempre a sua direita, vá contornando os muros dos residenciais. Passará por uma antena de transmissão (à direita), terá várias subidas e descidas até que encontrará uma igrejinha a sua esquerda. É hora de voltar, você está com mais ou menos 7/8 kms e a volta é um pouco mais pesada.

Se quiser continuar, divirta-se, você vai em frente que acabará chegando em Santana de Parnaíba.

Dentro de Aldeia, tem um percurso no asfalto que passa em frente aos residencias e vai até os lagos. Acredito que tenha por volta de 3 km (6 se contarmos ida e volta).

Atenção: leve seu combustível. No percurso não há como hidratar-se.

Ainda hoje, apesar de Aldeia da Serra ter crescido muito, é um local bastante agradável para se correr, principalmente se começarmos bem cedinho e no inverno (a temperatura lá é sempre uns 3 graus abaixo da de São Paulo).

Se ainda não conhece, junte um grupo de amigos e experimente, vale a pena.

Alphaville :

O local, quando se conhece, é bem interessante e com muitos percursos, podendo-se certamente correr muitos e muitos quilometros sem repetirmos os caminhos.

Podemos começar pela pista de cooper, ao lado do muro do residencial 1. Com 1.000 metros, está sempre cheia de corredores e caminhantes. A noite é iluminada. Local bom para se treinar "tiros".

Largando da pista de cooper em direção ao residencial zero, contorne sempre o muro do residencial 1. Após terminar o muro do res. 1, você estará no 18 do forte na Avenida Copacabana. Siga em frente até encontrar a Av. Alphaville. Entre a esquerda e continue em frente no contra fluxo dos carros. Entre a esquerda novamente quando chegar em frente a rotatória do res. 2. Vá em frente, você chegara onde largou. É um percurso bastante agradável, com aproximadamente 6 km.

Saindo da pista de cooper, vá sempre pela contra-mão, em direção ao res. 10, até sua portaria. Lá chegando, volte e vá até o res. 12. Lá chegando, volte em direção ao res 1 e a pista. Percurso com aproximadamente 15 km. Duro. Cheio de subidas e descidas. Leve um dinheirinho para se hidratar nas bancas de jornais, ou nos postos de gasolina. Senão, não deixe de tomar água nas portarias dos residencias, correr sem se hidratar corretamente, é burrice. Corra sempre no contra fluxo dos carros. O ideal é fazer esse percurso cedinho (inicio 6h. da manhã) e aos domingos (não há transito).

Outro percurso interessante é o da "Folha". Saindo-se da pista, vá em direção do Mackenzie. Ao passar debaixo da ponte do res. zero, entre a esquerda. Tem uma subida bastante forte e de piso de concreto. Vá até o final sempre mantendo a esquerda. É ótimo. O piso é todo em terra, a estrada bastante larga, sem nenhum transito e o silencio é o ponto alto. Você não vai acreditar que está em São Paulo. Siga sempre em frente até encontrar a Av. Alphaville logo após passar em frente ao predio do jornal Folha e da Direct TV. Chegando na Av. Alphaville, entre a esquerda e siga em frente em direção ao res. 1 e a pista de cooper. Não tem erro. Percurso com aproximadamente 12 km. Não esqueça de levar sua hidratação.

Há também o percurso de 12 km. (pista/Mackenzie/Tamboré/Carrefour/Castelo/do lado do rio/ACM/res.2/pista). Esse já foi bom, hoje tem muito trânsito e parte dele não é agradável.

O melhor de todos, indiscutivelmente, é o que vai pelos morros em direção a Rodovia Anhanguera, infelizmente, não dá para descrever pois é longo é um pouco confuso, pois são trilhas. O melhor e ir junto com quem conhece o local.

 

dica de Henrique Seraphim

Avenida Sumaré : 

Começa na Praça perto do Estádio do Palmeiras (bairro da Pompéia) indo até quase a Rua Henrique Shaumman (Pinheiros). Percurso com 6Km, ida e volta, é basicamente plano, tendo no sentido Pompéia / Pinheiros, o último km. com uma subida e uma descida. Avenida de transito pesado, tem canteiro central largo, podendo-se correr na grama e em piso de concreto. Vários corredores exercitam-se lá, sobretudo na hora do rush. Apesar da poluição, é uma opção na Zona Oeste.


 

Voltar